Esqueci minha senha

Cadastre-se

e leia a Crítica da Economia

Últimas notícias:

Breaking Bad (Temp. 1 Ep. 7). A globalização muda de pele: a China morreu? Viva a Índia! E o Brasil?

NOVO BOLETIM DA CRÍTICA "Se tudo acontecesse sem as costumeiras contradições e obstáculos da realidade das coisas, a Índia já poderia ser considerada como a economia capaz de cumprir o mesmo providencial papel cumprido pela moribunda China nos últimos trinta anos de globalização triunfante. Existem outras “potências emergentes” e classes dominantes dispostas a se embriagar com a “poção mágica” indiana de uma perfeita integração ás cadeias produtivas globais. É o caso das classes dominantes latino-americanas, como as brasileiras e argentinas, principalmente, vagando no inferno da progressiva ingovernabilidade interna e marginalização externa dos grandes fluxos do mercado mundial".... LEIA O TEXTO COMPLETO Leia Mais

BRASIL URGENTE: o mito do “déficit” e da necessidade de “reforma” da Previdência Social

Com as “reformas necessárias” os parasitas teriam em suas mãos, totalmente de graça, uma montanha de recursos que hoje fazem parte do orçamento público da Seguridade Social. Neste processo de privatização da Previdência e dos fundo públicos atuais, privatiza-se também o futuro da aposentadoria de cada contribuinte.

A Fome na Europa

O que vem depois do golpe


Correspondência Internacional

Que terrível: Karl Marx é o economista mais indicado nas escolas de Economia dos Estados Unidos

A poderosa crise econômica que se aproxima e a conhecida pressão dos estudantes contra o autismo econômico dos marginalistas e outros idiotas foram os responsáveis por furar as escolas econômicas reacionárias norte-americanas e introduzir pensamentos mais atuais da teoria, como os de Smith e de Marx. Pelo menos para uso doméstico. O resto do mundo, com raríssimas exceções, como o Japão, onde o ensino de Economia também é muito avançado, ainda permanecem as mesmas velhas e inócuas ideias neoclássicas e keynesianas sobre política econômica dos últimos setenta anos. Leia Mais


Realpolitik - EUA

A explosiva contabilidade da geopolítica – gastos com a guerra em 2015

PASSAGEM DA MAIS RECENTE CRÍTICA SEMANAL DA ECONOMIA. "As bases materiais (economia) determinam as ideias, a cultura, a superestrutura, o Estado e o poder político no interior das nações. Isso todo mundo sabe. Ou deveria saber. Mas o que talvez nem todo mundo saiba é que, externamente, as relações econômicas internacionais determinam o poder geopolítico entre as nações. Inclusive seus “grandes homens" LEIA O TEXTO COMPLETO NO BOLETIM DA CRITICA SEMANAL DA ECONOMIA DESTA SEMANA E FAÇA TUA ASSINATURA .. Leia Mais


Diário do Capital - África

BRASIL URGENTE: GOVERNO DOS CAPITALISTAS ATACA MILITARMENTE OPERÁRIOS DA MABE EM HORTOLÂNDIA

Covarde golpe militar contra os operários que ocupam a fábrica da Mabe, em Hortolândia. Todo o nosso apoio ao combativo Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e Região nestas batalhas atuais. Quando ocorreu a ocupação das fábricas, em 15/Fevereiro/2016, comentamos em nossa matéria BRASIL URGENTE: Trabalhadores Ocupam as Fábricas da Metalúrgica Mabe de Campinas e Hortolândia: “Ninguém duvide que a ocupação hoje ocorrida das duas plantas da Mabe será um exemplo de luta inaceitável pelos capitalistas e seus governos de Brasília e do Estado de São Paulo. O desenlace desta ocupação aponta de imediato brutal repressão policial do atuais governos estaduais e federais. As fábricas já estão cercadas por grande número de policiais militares armados e prontos para agir e restituir a posse da propriedade privada dos meios sociais de produção”. Leia Mais


Diário do Capital - América Latina

Argentina: los buitres batem à porta

Mais uma vez, depois da trágica crise econômico-social de 2001/2002, a Argentina de Macri repete a fatal receita liberal de se perder nos mercados e levar o país à falência. A história se repete. Pela segunda vez nesta noite de quarta-feira (30), quando o Congresso argentino encenou uma perigosíssima farsa do que fora a tragédia de Menen/Cavallo e seu mirabolante “Ley de Convertibilidad del Austral”... Leia Mais


Diário do Capital - América Latina

Obama em Cuba e Argentina. Algo se acelera na nova ordem imperialista na América Latina

LEIA O MAIS RECENTE BOLETIM DA CRÍTICA SEMANAL DA ECONOMIA: Obama e Macri choram pela Argentina e jogam flores no Rio de la Plata. Ninguém acreditou na sinceridade do ato. Para os cidadãos argentinos é uma provocação... Mas algo se acelera na nova ordem imperialista da América Latina. Pelo menos um claro recado explicitado pelo duvidoso bom mocismo de Barak Obama em seu périplo por Cuba e Argentina. O que ele está dizendo é que para Washington a era das ditaduras militares estilo século 20 já é coisa realmente do passado... LEIA O TEXTO COMPLETO. Leia Mais


Realpolitik - América Latina

O Último Tango do Imperialismo

Buenos Aires, noite de quarta (23). Barak Obama, presidente dos EUA, e Mora Godoy, dançarina de tango profissional, dançam tango, ao som de “Por Duas Cabezas”, de Gardel. A desajeitada performance durou pouco mais de 30 segundos, mas foi o suficiente para ecoar em todo o mundo. A direita argentina do novo presidente Maurício Macri adorou. Mas nos EUA houve críticas. Ninguém achou graça de o presidente estar a dançar alegremente pouco mais de 24 horas após os atentados em Bruxelas. Na terça (22), críticas já haviam surgido quando Obama assistiu (também alegremente) a um jogo de beisebol em Cuba, horas depois dos atentados na capital belga. Leia Mais


Diário do Capital - Brasil

Delação Premiada

Protoburguesia brasileira em transe. Estado avançado de putrefação do seu governo de plantão em Brasília. Dança das cadeiras no palácio de Niemeyer. Dilma Rousseff é destituída de fato e substituída por Inácio Lula da Silva. Que volta triunfalmente (ou procura voltar) com o inseparável banqueiro Henrique “Wash Machine” Meireles a tiracolo. Mas o problema não é só dar o golpe no governo Dilma, seja pelo Lula, seja pelo Bolsonaro, mas por que isso deve ser feito? Golpe para mudar o que? Ou nada mudar? Qual é exatamente a tarefa deste terceiro governo Lula ou, principalmente, do que vem depois dele? Leia Mais


Últimas notícias

Mais lidas

Livraria

Aguarde próximos lançamentos.

Cursos

Aguarde agenda de cursos.